Rádio Bandeirantes
Rádio BandNews FM 99.3
Rádio Ipanema FM 94.9
Canal Você
Tamanho de fonte
Atualizado em segunda-feira, 20 de março de 2017 - 10h32

Grêmio empata com Veranópolis na Arena

Após 1º tempo ruim, o tricolor reage e fica no 1 a 1, em estreia de Barrios como titular
Com Barrios, time não funcionou / Lucas Uebel / Grêmio FBPA Com Barrios, time não funcionou Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Quem foi à Arena ver Lucas Barrios acabou assistindo a duas versões diferentes do Grêmio de Renato Portaluppi. Primeiro, com o paraguaio em campo, muitas dificuldades. Depois, mais móvel, superioridade. No fim, o time não passou do empate em 1 a 1 com o Veranópolis, pelo Campeonato Gaúcho

 

A ansiedade para o primeiro jogo do fazedor de gols como titular virou frustração. A principal contratação tricolor para 2017 não teve uma única boa jogada. No segundo tempo, quando a equipe buscou o empate, a atuação foi mais animadora, com mais toque de bola e volume ofensivo.

 

A inserção paulatina de Barrios e de Gastón Fernández no time foi reforçada por Renato após o resultado abaixo das expectativas.

 

“Estamos escalando o Barrios aos poucos. Tem que ir com calma. Estamos tendo todo o cuidado com os jogadores que estão chegando”, explicou.

 

Embora o resultado não tenha agradado, o comandante gremista mostrou satisfação por, agora, ter dois modos diferentes de montar a equipe. O ídolo gremista, entretanto, preferiu não estabelecer uma preferência entre os estilos.

 

 “Vai depender do que a gente precisa em cada jogo”, desconversou.

 

Sentindo dores na coxa direita, Barrios foi substituído na etapa final. O centroavante teve autocrítica sobre a sua atuação.

 

“Estou conhecendo o time agora. Sei que posso dar muito mais ao time”, analisou. Até conseguir derrubar a parede pentacolor no início do segundo tempo, o Grêmio penou em campo. Abusando dos cruzamentos – foram 30, com somente três deles sendo certeiros –, a equipe gremista foi conseguir um arremate perigoso somente com 30 minutos de jogo, quando Luan viu o goleiro fazer firme defesa. Firmeza que faltou para o tricolor Léo. Em chute fraco, o substituto de Marcelo Grohe não conseguiu espalmar, falhando no gol do Veranópolis.

 

Quando o Grêmio reagiu, Luan dominou girando sobre o zagueiro e tirou do goleiro para empatar o jogo, aos 4 minutos do segundo tempo. Apesar da insistência, o segundo gol não saiu.

 

O crescimento do time foi suficiente para buscar o empate, mas não para agradar à torcida que vaiou ao término do jogo. “As vaias foram merecidas”, admitiu Renato