Apresentado, Romulo revela ter pai flamenguista e se emociona

Apesar de ter sido revelado no rival Vasco, volante não escondeu a emoção na chegada ao novo clube

O volante Romulo foi apresentado nesta segunda-feira como mais um reforço do Flamengo para a temporada. E ao vestir a camisa rubro-negra, o jogador de 26 anos não escondeu a emoção. Mesmo tendo sido formado no Vasco, ele revelou ter pai flamenguista e não conteve o choro ao falar da família.

"Meu pai só faltou chorar de emoção quando soube. Minha cidade é muito pequena, quando falo da minha família é uma emoção muito grande. É muito difícil sair de lá para realizar não só o meu sonho, mas o de muita gente. Espero dar alegrias para o torcedor flamenguista", declarou.

Nascido na cidade de Picos, no Piauí, Romulo também falou sobre o sonho de ser jogador de futebol quando criança. "Em Picos, só pensava em jogar bola. Tomava café da manhã, jogava bola. Almoçava, jogava bola. Resolvi seguir a vida para sair do interior do País, sabia que era muito difícil. Lá, muitos jogadores não têm oportunidade. Quando criança, eu nem tinha time, eu acho. Só lembrava de jogar bola. Agora, claro que vou torcer sempre", disse.

Romulo tentou fugir das polêmicas em relação ao Vasco e às críticas da torcida rival. O jogador chegou ao clube cruzmaltino ainda muito jovem, para atuar na base, e se destacou logo no início de sua trajetória como profissional, chegando à seleção brasileira e chamando a atenção do Lokomotiv Moscou, que o contratou. Apesar disso, mostrou-se bastante emocionado por defender o Flamengo agora.

"Vi alguns torcedores me criticando. Quando demonstrei interesse em voltar ao Brasil, o Flamengo estendeu a mão. O Flamengo é um grande clube, ainda mais com a estrutura que está me proporcionando. A gozação vai sempre existir, estamos preparados para isso", disse. "Para mim, não chegou nada do Vasco."

Conheça os times dos apresentadores da Band

 

Compartilhar

Ler a notÍcia completa

Deixe seu comentário