Diego Alves mostra desânimo em briga por vaga na Seleção

Goleiro ainda não reencontrou o bom futebol dos tempos de Valência

Desde que chegou ao Flamengo, Diego Alves ainda não reencontrou o bom futebol dos tempos de Valência. Mesmo ainda sonhando com uma vaga na Copa do Mundo do próximo ano, o jogador mostrou-se desanimado com as chances de ir à Rússia.

"Apesar de ser um objetivo estar no Mundial, o dia a dia tem que ser trabalhado pensando no Flamengo, em primeiro lugar, e aproveitando todos os jogos. Sei que dentro da seleção o Tite tem várias opções em todas as posições, não só no gol", afirmou.

O goleiro Diego Alves admitiu que o Campeonato Brasileiro é a prioridade do Flamengo para o resto da temporada. Apesar de a equipe estar na disputa das quartas de final da Copa Sul-Americana, na qual fará um clássico com o Fluminense, o jogador afirmou que terminar entre os quatro primeiros do torneio nacional e garantir vaga na fase de grupos da Libertadores é a meta do clube.

"O primeiro passo tem que ser no Brasileiro, deixando claro que a Sul-Americana é uma competição na qual temos grandes possibilidades. Mas o objetivo principal agora é o Brasileiro, chegar entre os quatro e conquistar essa vaga", declarou o goleiro, que, ao mesmo tempo, exaltou a importância de passar pelo Fluminense na Sul-Americana.

"Um clássico é sempre diferente. Não tem esse tipo de situação de um time estar embaixo e outro em cima. O próprio Fluminense conseguiu uma classificação importante jogando no Equador. Isso mostra que quando muda a competição, muda o ânimo e pode acontecer qualquer coisa. Temos que estar preparados para as duas situações, tanto no Brasileiro quanto na Sul-Americana, e o trabalho será voltado para isso."

É justamente diante do Fluminense, aliás, que o Flamengo volta a campo. Após a pausa no calendário para a disputa das Eliminatórias, as equipes disputam o clássico, mas válido pelo Brasileirão. Em baixa, os rivais precisam do triunfo para diminuir a pressão, e para o lado rubro-negro, o resultado positivo ainda pode significar colocar o adversário de vez na crise.

"Temos que melhorar de duas maneiras: tanto na parte ofensiva quanto na parte defensiva e no meio-campo. Sabemos da situação, dos erros que estamos cometendo, e o trabalho será voltado para isso. Para que possamos melhorar e ter uma regularidade, para ganharmos confiança nesses dois aspectos", considerou Diego Alves, mirando o clássico.

Temos que ter cuidado com o momento que vivemos, diz Réver:

FOTOS
Conheça Thaisa Leal, a namorada de Guerrero:

Compartilhar

Ler a notÍcia completa

Deixe seu comentário