band.com.br

Tamanho de fonte
Atualizado em quinta-feira, 22 de novembro de 2012 - 15h03

Polícia prende membros de torcida organizada

Oito membros da Torcida Jovem do Flamengo são acusados de envolvimento no assassinato de Diego Martins Leal, torcedor do Vasco

A Polícia Civil prendeu manhã desta quinta-feira, no Rio de Janeiro, oito membros da Torcida Jovem do Flamengo, suspeitos de envolvimento no assassinato de Diego Martins Leal, torcedor do Vasco, em agosto deste ano. O crime aconteceu no bairro Tomaz Coelho, na Zona Norte da cidade. A ação da polícia, batizada de “Operação Fair-Play”, interditou a sede da torcida organizada, onde foram apreendidos computadores, documentos e um cofre.

A operação contou com o apoio de 108 agentes da polícia especializada, da Coordenadoria de Recursos Especiais e da Central de Inquéritos do Ministério Público, para cumprir 10 mandados de prisão e 15 de busca e apreensão.

O vice-presidente de Finanças do Flamengo, Michel Levy, foi intimado a depor na próxima sexta-feira, sobre suposta ligação com a torcida organizada.

O Flamengo divulgou uma nota em seu site oficial repudiando “qualquer tipo de violência” e isentando o clube de responsabilidade no caso.

“O Clube de Regatas do Flamengo reitera que repudia qualquer tipo de violência. E ainda esclarece que não possui qualquer tipo de responsabilidade por todo e qualquer episódio causado por facções de torcidas organizadas”, defende-se o clube.

Cadastrando-se em nossa newsletter, você receberá diariamente em seu e-mail as últimas Notícias de Esporte do Band.com.br
Aceito receber e-mails da Band e parceiros