Zagueiro do Santos foi indicado por garçons

Em áudio, empresário Luiz Taveira afirma ter contratado Fabián Noguera após conversar com moradores de Buenos Aires; Modesto Roma avalia a história como "irrelevante" para a contratação

Um áudio de WhatsApp do empresário Luiz Taveira agitou os bastidores do Santos nos últimos dias. Isso porque segundo a declaração do gestor, braço direito do presidente Modesto Roma, o zagueiro Fabián Noguera, encostado no elenco, teria sido indicado por garçom e taxistas argentinos.

Apesar da contratação ter sido realizada em 2016, a história só veio à tona nesta semana e ganhou repercussão em diversos veículos. No entando, para o mandatário santista, o meio como Noguera chegou ao conhecimento do empresário não faz diferença na negociação.

"Muitos jogadores são indicados por inúmeras pessoas. Quando você vai em qualquer restaurante, qualquer garçom indica. Quando você pega um táxi, qualquer taxista indica. Isso é comum. Fazem tempestade por bobagem", afirmou Modesto Roma ao Portal da Band. "É uma coisa irrelevante. Isso pouco importa, já que o jogador está aqui há quase um ano", acrescentou.

No áudio, que circula entre conselheiros e sócios influentes do clube, Taveira revela ter ido a Buenos Aires para contratar o defensor Oliver Benítez, à época no Gimnasia Y Esgrima, e atualmente no Tigre-ARG.

Ao chegar na Argentina, o empresário se deparou com alguns obstáculos para a contratação de Benítez. Primeiro, o valor - R$ 2 milhões - era muito acima do que o Alvinegro pretendia pagar. Além disso, segundo garçons, taxistas e outros moradores da capital com quem Taveira conversou, Noguera seria melhor. Desta forma, o gestor optou por contratá-lo.

Procurado pelo Portal da Band, Luiz Taveira não quis comentar o assunto. No entanto, ele já havia emitido um comunicado, onde confirma o caso e critica a cúpula santista por duvidar de seu profissionalismo.

Leia na íntegra:

Após tantas ligações de repórteres sobre o áudio referente ao Noguera, estou esclarecendo à imprensa, pois este áudio chegou através dos grupos de Whatsapp de pessoas do Santos FC. Inclusive, vou participar de alguns programas para realmente esclarecer que um garçom, um motorista de táxi, um porteiro de hotel, um jornaleiro, são pessoas que para alguns santistas não entendem de futebol, que não podem dar palpites em futebol porque são pessoas à margem da sociedade e que suas opiniões não são válidas no quesito futebol, pois são anômalos nesta questão, que infelizmente para alguns santistas dos grupos de Whatsapp ligados à política, os comparam a pessoas sem entendimento do esporte. E que como garçons, motoristas, porteiros, eles devem se ater a suas profissões e não darem palpites sobre jogadores, pois com isto viram párias da sociedade. É isto que já estou falando e é isto que estou vendo em pessoas covardes que não têm coragem de darem as caras e falarem. Fui eu e eu acho isso mesmo. São moscas varejeiras e hienas travestidas de santistas.

Fabián Noguera chegou ao Santos em uma negociação um tanto conturbada. Ex-Banfield, o zagueiro estava há seis meses sem jogar quando foi contratado, e não recebeu a aprovação do técnico Dorival Júnior, que deu pouco espaço ao argentino. Hoje, quase um ano depois, o dono da camisa 32 está encostado, só tendo atuado em nove partidas e anotado dois gols.

MAIS
Conheça Priscila Guedes, musa dos merchans da Band

Compartilhar

Ler a notÍcia completa

Deixe seu comentário