Band.com.br

Especial Ceni A despedida

começar

Das mãos e dos pés: a trajetória de um M1to

1.237 jogos, 131 gols, 25 anos de São Paulo, campeão mundial, da Libertadores, brasileiro, paulista, de tudo. São muitas as credenciais que fazem de Rogério Ceni o maior ídolo tricolor da história, trajetória que se encerra agora após o craque se tornar o mito são-paulino da camisa 01.

É esta saga que o Jogo Aberto conta em uma reportagem especial de seis episódios, onde serão reveladas as várias facetas do craque, muito além do jogador. Desde 1990, quando o jovem chegou ao São Paulo, até 2015, último ano de uma das carreiras mais vitoriosas do futebol mundial, passando pela vida entre os amigos e família. Enfim, o atleta e o homem Rogério, amado, idolatrado, às vezes odiado, mas quase sempre admirado, inclusive pelos rivais.

Ex-técnicos, companheiros, adversários, amigos e familiares: são eles que contam agora a trajetória de Ceni, feita com as mãos e os pés.

01Um clube para a vida inteira

No primeiro capítulo da série sobre Rogério Ceni, a história de um personagem que dedicou a vida inteira a um clube. Contratado no dia 7 de setembro de 1990, o goleiro virou símbolo do Tricolor com grandes defesas, gols marcantes e muitos títulos durante os 25 anos no Morumbi.

02 Um personagem e seu temperamento

Na série especial sobre Rogério Ceni, hoje contamos detalhes do goleiro na intimidade. O gosto pela música, bastante diferente da maioria dos boleiros. A liderança fora de campo. O mão de vaca. Seguro não só no gol. A cabeça no lugar que o deixaram longe das polêmicas.

03 Um goleiro diferente

Na série especial sobre Rogério Ceni, você vai ver como nasceu a história de bater faltas que o transformaria no maior goleiro artilheiro do mundo. O primeiro dos 131 gols saiu no dia 15 de fevereiro de 1997, contra o União São João de Araras, pelo Campeonato Paulista.

04 Um campeão e uma obsessão

Na série especial sobre Rogério Ceni, você vai ver como nasceu a história de bater faltas que o transformaria no maior goleiro artilheiro do mundo. O primeirNa série especial sobre Rogério Ceni, você vai ver um goleiro de muitos títulos que tinha uma obsessão, a Copa Libertadores da América. Presente nas conquistas de 1993 e 2005, Ceni chegou até a prolongar a carreira principalmente para voltar a jogar o torneio continental em 2015.

05 A dura última temporada

Na série especial sobre Rogério Ceni, você vai ver como foi o último dos 25 anos dele no São Paulo. As dores e a decepção numa temporada que não foi a ideal. Eliminações em todos os torneios mata-mata, goleadas sofridas para os maiores rivais e muita confusão na política do clube.

06 A despedida

Das mãos e dos pés. Na série especial sobre Rogério Ceni, você vai ver o último ato de Ceni como atleta profissional. A última viagem. As últimas palavras como goleiro do São Paulo. Machucado, o capitão ficou de fora das últimas rodadas do Campeonato Brasileiro e viu o time garantir vaga na Libertadores como torcedor.

1 de 6

A carreira de Ceni em fotos

1 de 3