Scott Dixon é o campeão da Indy de 2013

domingo, 20 de outubro de 2013 - 02h34 | Atualizado em: domingo, 20 de outubro de 2013 - 04h38
Da Redação

Scott Dixon comemora seu tricampeonato da Indy / John Cote/IndyCar
Scott Dixon comemora seu tricampeonato da Indy John Cote/IndyCar

Scott Dixon foi o grande campeão da temporada 2013 da Fórmula Indy, após terminar a 19ª e última etapa da temporada 2013 da categoria, disputada neste sábado (19), em Fontana (EUA) na quinta posição.

A corrida foi vencida pelo pole position, Will Power, seguido por Ed Carpenter, que em 2012 venceu a prova de Fontana e ficou em segundo lugar e Tony Kanaan em terceiro.

Helio Castroneves, que chegou a Fontana como vice-líder do campeonato e largou em 12º, completou a prova na sexta posição e ficou com o vice-campeonato.

Logo na largada, o pole-position, Will Power segurou a ponta, seguido por Sebastien Bourdais e Marco Andretti. Tony Kanaan, nono do grid saltou para a quarta posição e Helio Castroneves pulou da 12ª posição da largada para sexto. Sete voltas mais tarde Helinho já era o terceiro e Tony se mantinha em quarto.

Scott Dixon, então líder do campeonato, não conseguiu uma largada tão boa quanto os brasileiros e foi de 17º do grid para 14º. Sem conseguir manter um ritmo forte, Dixon começou a perder posições e na 16ª volta era o 16º colocado.

Pilotos largam para última etapa do campeonato

Enquanto Dixon lutava para não perder mais postos, Helinho partia para o ataque sobre Sebastien Bourdais, que àquela altura era o líder da prova.

Mais atrás, Carlos Muños, que substituiu Ernesto Viso na Andretti e largou da décima posição, ocupava o nono posto. Muñoz fez em Fontana jornada dupla, pois também disputou e venceu a etapa da Indy Lights.

Entre os ponteiros, Ryan Hunter-Reay partiu para cima e tomou a segunda posição de Helinho e pouco depois tomou a ponta de Bourdais. Helinho aproveitou o momento e também ultrapassou Bourdais, assumindo a segunda posição.

Helio Castroneves ultrapassa Sebastien Bourdais

Na 47ª volta, após a primeira série de paradas para reabastecimento, as primeiras posições se seguiram inalteradas, com Hunter-Reay em primeiro e Helinho em segundo. Quem conseguiu se recuperar um pouco depois da parada nos pits foi Scott Dixon que de 16º pulou para 12º.

Mais atrás, quem fazia uma boa corrida de recuperação em Fontana era Sebastian Saavedra, que largou de 24º e depois de 62 voltas aparecia na 14ª posição. Enquanto isso, Tony Kanaan, que seguia em quarto, sofreu um revés e foi ultrapassado ao mesmo tempo por James Hinchcliffe, Carlos Muños, AJ Allmendinger e caiu para sétima posição.

Na 71ª volta Pippa Mann e Saavedra se tocaram e provocaram a primeira bandeira amarela da prova. Com o carro de segurança na pista, a maioria dos pilotos aproveitou para fazer mais uma parada para troca de pneus e reabastecimento.

Acidente entre Pippa Mann e Sebastian Saavedra

De volta à pista, Hunter-Reay continuou líder, Helio manteve-se na segunda posição e Will Power continuou em terceiro. Quem conseguiu ganhar boas posições foi Scott Dixon, que entrou nos pits em 12º e voltou para a pista em sexto.

Na relargada, dada na 81ª volta, Helinho foi para cima e tomou a ponta, seguido de perto por Marco Andretti, que se preocupou em pressionar Helinho e esqueceu-se de olhar para trás e foi ultrapassado por Tony Kanaan.

Sebastien Bourdais aproveitou a briga entre Tony, Marco e Tony, foi para cima e assumiu a ponta.

Pouco depois, na 101ª volta, Carlos Muñoz escapou de traseira, se chocou contra o muro e provocou a segunda bandeira amarela da corrida. Os pilotos, mais uma vez, aproveitaram a entrada do carro de segurança e pararam para reabastecer e trocar pneus.

Carlos Muñoz bate forte

Quem conseguiu se beneficiar do momento foi Helinho, que conseguiu voltar para a pista na primeira posição. Rival do brasileiro na briga pelo campeonato, Scott Dixon, demorou um pouco mais na parada retornou à pista na 12ª posição.

Na relargada, dada na 109ª volta, Helinho acelerou forte e conseguiu segurar a ponta, seguido de por Sebastien Bourdais e Ryan Hunter-Reay. Ao contrário do que aconteceu na bandeira amarela anterior, Dixon conseguiu acelerar e subiu de 12º para nono.

Pouco depois, Justin Wilson, Simona De Silvestro, Tristan Vautier e Oriol Servia bateram forte a causaram a terceira bandeira amarela.

Na relargada, dada na 126ª volta, Helinho conseguiu segurar a ponta, mas por apenas duas voltas, até ser ultrapassado por Alex Tagliani, Sebastien Bourdais, Marco Andretti e cair para quarto.

O que se viu a partir da segunda metade da corrida foi a recuperação de Scott Dixon, que chegou a liderar algumas voltas, e a perda de rendimento de Helio Castroneves, que perdeu algumas posições e chegou a ficar em nono.

Depois de mais algumas bandeiras amarelas e uma avaria na asa dianteira do Penske de Helio Castroneves, o máximo que o brasileiro conseguiu foi cruzar a linha de chegada na sexta posição, uma atrás de Scott Dixon que com o quinto lugar conquistou o tricampeonato da Indy.

Helinho não esconde frustração

Will Power, que largou da pole position, conseguiu se recuperar e recebeu a bandeirada na primeira posição. Em segundo ficou o vencedor da etapa de Fontana de 2012, Ed Carpenter e em terceiro ficou Tony Kanaan, que venceu as 500 Milhas de Indianápolis deste ano.

Veja como terminou o GP de Fontana:

1º Will Power (AUS/Penske-Chevrolet)
2º Ed Carpenter (EUA/Carpenter-Chevrolet)
3º Tony Kanaan (BRA/KV-Chevrolet)
4º James Hinchcliffe (CAN/Andretti-Chevrolet)
5º Scott Dixon (NZL/Chip Ganassi-Honda)
6º Helio Castroneves (BRA/Penske-Chevrolet)
7º Marco Andretti (EUA/Andretti-Chevrolet)
8º Simona De Silvestro (SUI/KV-Chevrolet)
9º Ryan Hunter-Reay (EUA/Andretti-Chevrolet)
10º Charlie Kimball (EUA/Chip Ganassi-Honda)
11º JR Hildebrand (EUA/BHA-Honda)
12º Sebastien Bourdais (FRA/Dragon-Chevrolet)
13º Simon Pagenaud (FRA/Schmidt Hamilton-Honda)
14º Alex Tagliani (CAN/Chip Ganassi-Honda)
15º Graham Rahal (EUA/RLL-Honda)
16º AJ Allmendinger (EUA/Penske - Chevrolet)
17º Takuma Sato (JAP/A. J. Foyt-Honda)
18º Justin Wilson (ING/Dale Coyne-Honda)
19º Oriol Servià (ESP/Panther-Chevrolet)
20º Josef Newgarden (EUA/Fisher Hartman-Honda)
21º Tristan Vautier (FRA/Schmidt-Peterson Honda)
22º James Jakes (ING/RLL-Honda)
23º Carlos Muñoz (COL/Andretti-Chevrolet)
24º Sebastian Saavedra (COL/Dragon-Chevrolet)
25º Pippa Mann (ING/Dale Coyne-Honda)

%>