Abertura da Copa América terá show de Léo Santana e Bolsonaro nas tribunas

Cerimônia terá duração de 10 minutos e também contará com a cantora colombiana Karol G

A cerimônia de abertura da copa América contará com show do cantor baiano Léo Santana e da colombiana Karol G. A dupla foi responsável pela composição e gravação de Vibra Continente, tema da competição.

"O foco maior foi passar o que a gente vive nos estádios de futebol. A alegria, a torcida e a vibração. Nosso intuito foi levar a vibração do nosso país para o mundo todo", afirmou o cantor de axé. "Estou muito honrado e feliz com o convite", complementou.

Responsável pela direção do evento, Edson Endermann declarou que o objetivo é contar uma história em duas partes. A primeira começa nesta sexta-feira, 14, antes de Brasil x Bolívia, e a segunda é a na final do torneio no dia 7 de julho no Maracanã. No entanto, o objetivo é diferenciar a festa agora das realizadas na Copa do Mundo de 2014 e na Olímpiada do Rio de Janeiro em 2016.

"Esses eventos [Copa de 2014 e Rio 2016] já contaram toda a história do Brasil, agora queremos contar a história da América do Sul e dos dois países convidados [Japão e Qatar]. Quem quiser saber como acaba a história precisa ver o começo dela na abertura. Teremos 12 meninos, representando os 12 países, com o sonho de se comunicar com sua seleção, cada um de seu jeito", revelou. "Na televisão, vai ser um espetáculo. No entanto, ao vivo, vai ser inesquecível", completou.

Por enquanto, apenas dois chefes de estado estão confirmados: Jair Bolsonaro, presidente do Brasil, e Tamim bin Hamad al Thani, emir do Qatar. "Estamos esperando outras confirmações", disse Thiago Jannuzzi, gerente de competições do Comitê Organizador Local (COL), durante evento realizado no estádio do Morumbi na quarta-feira, 12.

Compartilhar

Ler a notÍcia completa

Deixe seu comentário