Após acusação, Neymar recebe blindagem na Seleção Brasileira

Estafe da CBF considera que a questão é estritamente pessoal e não fez nenhum pronunciamento

O toque de silêncio foi instaurado na Seleção Brasileira após a enorme repercussão da acusação de que Neymar teria estuprado uma mulher. Se os jogadores já estavam blindados mesmo antes da divulgação do Boletim de Ocorrência (B.O.) no sábado, o cerco se fechou ainda mais e todos evitam o assunto ao máximo. O tema é bastante delicado e a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) tenta não se envolver, mas dá total apoio ao seu principal atleta.

A entidade não divulgou nenhum comunicado a respeito da acusação contra o mais badalado jogador da Seleção. Na Granja Comary, ninguém do estafe da Seleção quis abordar o tema, considerado "questão estritamente pessoal" do atacante do Paris Saint-Germain. O técnico Tite ainda não se pronunciou também. Ele dará uma coletiva no fim da manhã desta segunda-feira - pela programação original, o técnico falaria somente na terça, mas a entrevista foi antecipada.

Ler a notÍcia completa

Deixe seu comentário