Justiça nega pedido de afastamento de Andrés Sanchez da presidência do Corinthians

Um grupo de oposição do clube, denominado “Frente Liberdade Corinthiana”, pediu o afastamento do dirigente

A Justiça indeferiu o pedido de afastamento do presidente do Corinthians, Andrés Sanchez. Os documentos que foram apresentados pelos conselheiros não davam segurança para retirar o dirigente do cargo. As informações são do repórter João Paulo Cappellanes, da Rádio Bandeirantes.

O juiz Rubens Pedreiro Lopes foi o responsável pelo caso. Um grupo de oposição do clube, denominado “Frente Liberdade Corinthiana”, pediu o afastamento do dirigente.

De acordo com a oposição, houve desrespeito ao estatuto do clube e gestão temerária

Compartilhar

Ler a notÍcia completa

Deixe seu comentário