Sem dores, Murray projeta volta aos jogos de simples

Tenista britânico evitou colocar um prazo e afirmou que está feliz neste momento

O tenista escocês Andy Murray revelou nesta quarta-feira que vem treinando sem dores e que pretende voltar a jogar partidas de simples. Mas, cauteloso, o ex-número 1 do mundo evitou apontar um prazo para este retorno. Em duplas, ele voltará às quadras na próxima semana, no Torneio de Queen's, em Londres.

"Estou feliz agora. Então, eu não preciso jogar simples depois de Wimbledon ou no US Open. Eu seu puder, será brilhante. Mas não acho que será o caso. Acho que levará mais tempo", disse o britânico, referindo-se aos dois próximos torneios de Grand Slam. Em Wimbledon, Murray deve jogar somente nas duplas, dependendo da sua performance em Queen's, ao lado do espanhol Feliciano López.

Mas Murray acredita que este retorno aos jogos de simples pode acontecer ainda nesta temporada. "Espero que em algum momento deste ano eu consiga voltar a jogar em simples. Mas não me interessa colocar um prazo para isso porque estou feliz neste momento", comentou.

O bicampeão olímpico revelou também que está treinando sem dores nas últimas semanas. "Vamos passo a passo agora. Estou me sentindo bem em quadra, praticamente sem dor e curtindo os treinamentos, melhorando a todo momento", contou o tenista de 32 anos.

As declarações contrastam com o pessimismo exibido pelo atleta no início do ano. Pouco antes de sua estreia no Aberto da Austrália, o primeiro Grand Slam da temporada, Murray revelou em entrevista coletiva que estava jogando com dores e que aquela competição poderia ser a sua última como profissional.

Eliminado logo na estreia em Melbourne, o atual 215º do mundo foi submetido a uma cirurgia no quadril ainda em janeiro. E iniciou seu longo processo de recuperação, após disputar apenas duas competições neste ano.

Murray alcançou o topo do ranking no fim de 2016. Desde então, disputou poucos torneios em 2017 e no ano passado, exibindo irregularidade e sem conquistas de expressão. Até que neste ano admitiu o grave problema no quadril. Agora sua expectativa é retornar aos jogos de duplas na curta temporada de grama do circuito.

Compartilhar

Ler a notÍcia completa

Deixe seu comentário