Scaloni deve mudar meio-campo e defesa da Argentina para duelo com o Paraguai

Rodrigo De Paul, Milton Casco e Lautaro Martínez podem ganhar chance no duelo de quarta-feira

A derrota por 2 a 0 para a Colômbia na estreia da Copa América deve causar mudanças no time da Argentina para o jogo de quarta-feira, contra o Paraguai, às 21h30, pela segunda rodada do Grupo B, no Mineirão, em Belo Horizonte. O técnico Lionel Scaloni fechou para a imprensa o treino desta segunda-feira pela manhã, no Independência.

Quem deve perder um lugar no time é o meia Di María, substituído no intervalo na derrota para os colombianos. Rodrigo De Paul, depois de atuar 45 minutos no sábado, deve aparecer entre os titulares.

Outro que deve sair da equipe é Saravia, responsável pela lateral-direita, setor no qual a Colômbia conseguiu os dois gols. Milton Casco deve começar diante do Paraguai.

O setor ofensivo também pode ser alterado, com a entrada de Lautaro Martínez, Suarez ou Dybala para formar dupla com Agüero. Com isso, o meio-campista Guido Rodríguez deverá ir para o banco de reservas.

Antes da atividade desta segunda-feira, Scaloni conversou com os jogadores por cerca de 15 minutos. Na sequência foi feito um treino tático e no final os jogadores aperfeiçoaram as finalizações.

Apenas dois atletas ficaram fora do treinamento. O lateral-esquerdo Acuña, com desgaste muscular na coxa esquerda, e o meia Roberto Pereira, com dores na região inguinal.

A provável escalação da Argentina terá Andrada; Casco, Otamendi, Pezzella e Tagliafico; Paredes, Guido Rodríguez (Lautaro Martínez), Lo Celso e De Paul; Messi e Agüero.

A seleção argentina está na lanterna do Grupo B, atrás da Colômbia, Paraguai e Catar, que empataram por 2 a 2 no último domingo.

Compartilhar

Ler a notÍcia completa

Deixe seu comentário