Carille celebra fase e vê time em 'momento certo' para pegar Flu na Sul-Americana

Timão já soma sete jogos de invencibilidade pelo Campeonato Brasileiro e duas vitórias pela Copa Sul-Americana

O técnico Fabio Carille afirmou que o Corinthians se encontra em uma situação "muito boa" para enfrentar o Fluminense, quinta-feira, na sua arena em Itaquera, às 21h30, pela primeira partida das quartas de final da Copa Sul-Americana.

Já são sete jogos de invencibilidade pelo Campeonato Brasileiro: quatro vitórias (CSA, Fortaleza, Goiás, Botafogo) e três empates (Flamengo, Palmeiras, Internacional). Se levar em conta as dois triunfos sobre o Montevideo Wanderers pela Copa Sul-Americana, essa marca sobe para nove jogos sem derrotas.

"Acho que as coisas estão acontecendo no momento certo. Chegamos em uma situação muito boa para um mata-mata contra o Fluminense, um time que exige bastante concentração. Nós estamos preparados para fazer um grande jogo e avançar", disse o treinador, neste sábado, em entrevista coletiva após a sua equipe bater os botafoguenses por 2 a 0, em casa, pela 15ª rodada do Brasileirão

Contra o Fluminense, o treinador adiantou que manterá o volante Gabriel como titular, mesmo com o retorno de Ralf. O volante sofreu uma lesão muscular e ficou de fora das últimas sete partidas do Corinthians. Contra o Botafogo, o experiente volante ficou no banco de reservas. "O Gabriel, hoje, é o titular. Tem feito seu papel e jogado muito bem. Tem o Ralf voltando, o que é bom, mas em um período mais para frente. Cada um dentro de suas características. Vamos analisar o Fluminense. A ideia de jogo não muda", adiantou.

Outros três jogadores poupados contra o Botafogo também devem voltar contra o Fluminense: Clayson, Vagner Love e Sornoza. Clayson foi o único que entrou em campo neste último sábado, já no final do segundo tempo, no lugar de Everaldo. "O Clayson hoje é titular, mas é o único jogador que tenho para uma jogada um a um na quinta-feira. Por isso foi pensado o início do Everaldo ali, para não correr risco. Já o Boselli é um jogador mais de área que o Vagner Love", analisou o treinador.

"Estou muito feliz com o Sornoza. Não tenho 11 titulares. Mas estou satisfeito com o que ele tem feito. Tenho cobrado que futebol hoje não é só bola no pé. O Sornoza, hoje, é um dos meus titulares", completou o comandante.

Contra o Fluminense, Everaldo está fora porque já atuou na Copa Sul-Americana pelo time carioca. Por outro lado, o goleiro Cássio e o lateral Danilo Avelar, que cumpriram suspensão automática contra o Botafogo, estão liberados para atuar na competição continental.

Para o meia Mateus Vital, o time corintiano ainda não deve priorizar o Campeonato Brasileiro ou a Copa Sul-Americana ao projetar a continuidade de sua temporada. "O Corinthians não vai abrir mão de um para jogar o outro. Vamos jogar as duas competições para brigar lá em cima (da tabela) no Brasileiro e conquistar o título da Sul-Americana", disse o atleta.

Compartilhar

Ler a notÍcia completa

Deixe seu comentário