Salah faz dois e Liverpool supera o Arsenal

Com a vitória por 3 a 1, equipe se mantém na liderança do Inglês

Intenso, faminto e eficiente, o Liverpool contou com o brilho de Salah para superar com facilidade o Arsenal por 3 a 1 neste sábado, em casa, no Anfield Road, vencer o terceiro jogo seguido no Campeonato Inglês e se manter, depois de três partidas, como a única equipe a ostentar 100% de aproveitamento na competição.

Com mais um resultado convincente, o Liverpool foi aos nove pontos e lidera o campeonato de forma isolada. O Arsenal permanece com seis pontos, fruto de triunfos apertados sobre Newcastle e Burnley, e continua na vice-liderança. O time londrino, no entanto, pode perder o posto pois a rodada ainda reserva três jogos neste domingo.

O atual campeão europeu e vice nacional promete brigar por títulos nesta temporada novamente. Foi econômico na janela de transferências, mas manteve seus principais jogadores e tem evoluído cada vez mais.

Neste sábado, diante de um adversário em fase de ajustes, procurou o gol em boa parte do tempo e foi recompensado pela postura ofensiva. Salah foi o nome do jogo. O egípcio bagunçou a defesa do Arsenal e deixou David Luiz atordoado. O zagueiro brasileiro teve atuação desastrada e esteve envolvido em dois dos três gols sofridos pela equipe londrina, ambos marcados por Salah.

Depois de um primeiro tempo razoável, em que conseguiu abrir o placar com um gol de cabeça do zagueiro Matip, o Liverpool cresceu na etapa final a partir do talento de Salah. Primeiro, o atacante egípcio foi infantilmente puxado dentro da área por David Luiz. Ele converteu o pênalti aos quatro minutos com extrema categoria e fez 2 a 0.

Dez minutos depois, o Salah passou como quis por David Luiz na ponta direita, avançou em velocidade, cortou para o meio e bateu de canhota no canto direito do goleiro Leno para fazer o terceiro do time mandante. Um golaço que premiou a fome de bola da equipe do técnico alemão Jürgen Klopp e ficará na mente de David Luiz por um tempo.

No final, o Arsenal aproveitou uma das poucas falhas do Liverpool na partida e fez seu gol de honra com Torreira. O uruguaio recebeu de Aubameyang dentro da área e tentou duas vezes até acertar o canto esquerdo de Adrian, que segue como titular enquanto Alisson se recupera de lesão. O gol sofrido não apagou a atuação brilhante do Liverpool, que encanta pelo futebol bonito e eficiente.

Compartilhar

Ler a notÍcia completa

Deixe seu comentário