Maldonado estuda para ser técnico e faz 'estágio' com Sampaoli no Santos

Chileno está finalizando o curso para tirar a Licença Pro da CBF, sendo que ele já obteve a Licença A

O ex-volante Claudio Maldonado, que foi bicampeão paulista pelo Santos ao ajudar o time a conquistar os títulos estaduais de 2006 e 2007, está estudando para se tornar um técnico profissional e, desde a última terça-feira, tem acompanhado os treinos dirigidos por Jorge Sampaoli no CT Rei Pelé. No local, ele faz uma espécie de "estágio" com o experiente treinador argentino.

O clube confirmou que o ex-jogador chileno, de 39 anos, estará presente novamente na atividade desta sexta-feira, quando o comandante vai finalizar a preparação da equipe santista para o duelo diante do Grêmio, neste sábado, às 21 horas, na Vila Belmiro, pela primeira rodada do segundo turno do Campeonato Brasileiro. E o ex-atleta irá também ao estádio para acompanhar este confronto de perto.

Maldonado está finalizando o curso para tirar a Licença Pro da CBF, sendo que ele já obteve a Licença A e também desempenhou anteriormente a função de auxiliar técnico no Colo-Colo, o clube mais popular do Chile e pelo qual iniciou a sua carreira profissional como jogador.

"Assistir a esses treinamentos é uma forma de me preparar para o futuro. Estou me atualizando sobre as ideias e conceitos do Sampaoli. É uma visita que eu já tinha programado há algum tempo, pois vejo muito o trabalho dele. Fez muito com a minha seleção chilena, então eu tinha essa vontade de ver o treinos dele de perto. Espero poder aprender bastante coisa", afirmou o ex-volante, em entrevista ao site oficial do Santos, lembrando da importante passagem do treinador pelo comando do Chile, que ele conduziu ao então inédito título da Copa América em 2015.

Durante este seu período de aprendizado com o argentino no CT Rei Pelé, Maldonado também garantiu estar na torcida pelo Santos na luta pelo título deste Campeonato Brasileiro. E ele revelou esta predileção mesmo tendo acumulado passagens importantes por outros clubes brasileiros - defendeu o São Paulo entre 2000 e 2002, o Cruzeiro de 2003 a 2005, o Flamengo de 2009 a 2012 e ainda teve uma curtíssima trajetória pelo Corinthians em 2013, ano em que atuou pelo time em apenas oito jogos.

"Tenho um carinho muito grande pelo clube. Até hoje tenho amigos na cidade. Estou muito feliz por estar aqui, acho que é a primeira vez que venho ao clube desde que fui embora, lá em 2008 O Sampaoli está colocando em prática toda sua filosofia e o que ele pensa sobre futebol. E os meninos (jogadores) estão fazendo um grande trabalho dentro de campo. Estou na torcida pelo título, sim. Faz muito tempo que o clube não vence o Brasileiro, então vou torcer para que isso aconteça", afirmou o chileno. A última vez em que o clube santista faturou o troféu da competição foi em 2004.

Compartilhar

Ler a notÍcia completa

Deixe seu comentário