De volta ao Botafogo, Valentim é apresentado e diz que meta é evitar rebaixamento

Time carioca ocupa o 13º lugar, com 30 pontos, cinco acima da zona da degola

De volta ao Botafogo, clube pelo qual conquistou o título do Campeonato Carioca em 2018, Alberto Valentim foi apresentado nesta segunda-feira, no Engenhão, como sucessor de Eduardo Barroca. O treinador destacou a meta de evitar o rebaixamento no Campeonato Brasileiro, sendo que no momento o time ocupa o 13º lugar, com 30 pontos, cinco acima da zona da degola. Só depois disso, então, será o momento para pensar em outras metas, como a conquista de uma vaga na próxima edição da Copa Sul-Americana.

"É muito importante lembrar isso, porque desde que acertei minha volta, isso será um papo com os jogadores de que precisamos repetir coisas muito boas que foram feitas nesse campeonato com o Barroca. Aquela sequência positiva, um aproveitamento muito melhor do que estamos agora. E o primeiro passo sem dúvida para tirar qualquer tipo de risco é chegar a uns 44, 45 pontos, o que fará com que o Botafogo permaneça na Série A. Eu vivo muito o presente. Se tratando de primeiro objetivo, apesar de termos condição de sonhar e disputar outros, é fazer com que o Botafogo permaneça sem risco algum na Série A", disse, também fazendo elogios ao trabalho de Barroca.

Exibindo motivação nesse retorno ao Botafogo, Valentim destacou que a sua passagem anterior pelo clube, com a conquista do título carioca, o motivou a decidir deixar o Avaí para assumir novamente a equipe.

"Primeiro por ter sido feliz aqui, por ter sido campeão aqui, por grande parte do elenco continuar aqui, grande parte das pessoas que estavam aqui ano passado continuam, e saber que a gente pode fazer um campeonato muito melhor do que o Botafogo está fazendo até agora. Faço agora parte diretamente desse elenco e dessa responsabilidade de colocar o Botafogo em uma posição melhor. A diretoria está fazendo todo o possível para regularizar salários. E foram esses os motivos que me fizeram voltar. Estou doido para começar a trabalhar", afirmou.

Com pouco tempo para preparar o Botafogo, já que o time enfrentará o Vasco na quarta-feira, em clássico marcado para São Januário, Valentim destacou que o fato de conhecer vários jogadores que estavam no elenco em 2018 vai ajudá-lo na preparação da equipe para a sua estreia.

"Vai acelerar o processo, porque eu já os conheço, conheço boa parte do elenco, muitos já me conhecem, conhecem o trabalho, então isso vai acelerar. Eu me lembro quando vim a primeira vez, tivemos oito ou nove sessões de treinos, e foi importante para termos uma base boa, construir uma identidade, temos de repetir isso. Eu exijo muito isso, que tenha uma identidade, que tenha uma cara nossa. Então o fato de já ter trabalhado com uma grande parte do grupo vai favorecer muito, especialmente para essa primeira partida, segunda partida, porque teremos pouco tempo para treinar", comentou.

Compartilhar

Ler a notÍcia completa

Deixe seu comentário