Ex-Napoli e PSG, argentino Lavezzi anuncia aposentadoria: 'Fui muito feliz'

Último clube do agora ex-jogador foi o Hebei Fortune, da China

O argentino Ezequiel Lavezzi anunciou nesta sexta-feira a aposentadoria do futebol aos 34 anos. O anúncio foi feito por meio de uma publicação em seu perfil no Instagram. O último clube do agora ex-jogador foi o Hebei Fortune, da China.

"Foram anos incríveis dessa história. Anos marcados por aprendizado, momentos únicos e muitas lembranças que permanecerão no meu coração para sempre. Sou eternamente grato por aqueles que ficaram ao meu lado ao longo desta jornada. Com muita alegria, me despeço da etapa mais incrível que a vida me deu. Fui muito feliz!", escreveu o argentino nas redes sociais.

Lavezzi foi revelado pelo Atlético Estudiantes e, em seu país natal, também atuou no San Lorenzo antes de rumar ao futebol italiano para jogar no Napoli. Lá, ficou de 2007 a 2012 e formou um trio ofensivo de sucesso com o eslovaco Hamsik e o uruguaio Cavani.

Depois, foi negociado com o Paris Saint-Germain por cerca de R$ 75 milhões, sendo uma das primeiras contratações de impacto do clube francês, que, à época, havia acabado de se tornar rico depois que foi comprado pelo empresário bilionário Nasser Al-Khelaifi.

Sem muito espaço no PSG depois que o clube passou a desembolsar quantias ainda mais altas em suas contratações, Lavezzi aceitou uma proposta do Hebei Fortune, o último clube de sua carreira, pelo qual atuou por quatro temporadas.

Lavezzi também integrou o elenco da Argentina que foi vice-campeão da Copa do Mundo de 2014, no Brasil. O atacante foi titular na final vencida pelos alemães por 1 a 0. Pela seleção argentina, conquistou os Jogos Olímpicos de 2008. Pelos clubes, seus títulos de mais destaque são a Copa da Itália, o bicampeonato da Copa da França e o tetra do Campeonato Francês.

Compartilhar

Ler a notÍcia completa

Deixe seu comentário