Chico explica mudanças nas regras de arbitragem pela IFAB

A International Football Association Board (IFAB) divulgou as alterações nas regras que agora aceita a saída adiantada de goleiros

No Jogo Aberto desta quinta-feira, 9, Chico Garcia mostrou como as mudanças impostas pela entidade para a temporada 2020/2021 serão aplicadas efetivamente. As alterações contam desde o toque de mão na bola e o adiantamento dos goleiros em cobranças de penalidades máximas.


Uma das mudanças que mais causou confusão foi a limitação do toque de mão, na nova regra a FIFA trocou o que seria o limite para validar a infração. A partir de agora o toque no começo do braço parte inferior da axila não será considerado, mas na interpretação do comentarista isso pode complicar a vida da arbitragem pois nem todos os campeonatos tem o VAR para ajudar na verificação do toque.


Gols feitos com a mão continuam sendo invalidados, mas toques involuntários que não terminam em tento automaticamente deixam de ser infrações. A entidade busca acabar definitivamente com qualquer possibilidade de gols feitos com a mão serem validados.


Ainda de acordo com a nova regulamentação, goleiros poderão se adiantar e serão passivos de punição caso o adversário faça o gol, ou seja, apenas em caso de adiantamento que seja revertido em defesa duas vezes o jogador receberá o cartão amarelo.

Compartilhar

Ler a notÍcia completa

Deixe seu comentário