Luan ‘pipoqueiro’, Lucas Lima, Felipe Melo e Luxa maior que ‘conhaque’ do Fla: Neto comenta final

Apresentador detonou o atacante do Corinthians, que não bateu pênalti na decisão contra o Palmeiras. Lucas Lima ganhou elogios, assim como Luxemburgo, mas Felipe Melo foi ironizado

No primeiro Os Donos da Bola depois do título paulista do Palmeiras sobre o Corinthians, o Craque Neto elogiou o Verdão, exaltou Vanderlei Luxemburgo e encheu a bola até de Lucas Lima, alvo constante de críticas por parte do apresentador. Mas o ex-jogador foi duro nas “pancadas” em Luan, do Corinthians, que não participou da disputa de pênaltis, mesmo sendo a principal contratação do Timão este ano.

“Luan, você é mentiroso”, começou Neto, citando um vídeo antigo do canal Desimpedidos, do YouTube, em que o jogador diz que bateria pênaltis, inclusive sendo o último de uma eventual série.

“Não vou responsabilizar você em relação ao título, que eu seria injusto, mas não bater o pênalti mostra que você é um grande ‘pipoqueiro’, não merece vestir a camisa do Corinthians”, disparou Neto, na bronca com o atacante, mas sem deixar de criticar o técnico Tiago Nunes. Para o apresentador, o treinador não teve coragem de escalar Luan para bater uma das cobranças.

Neto ainda exaltou todos os outros cobradores do Corinthians, mesmo quem errou.

Assista:

Lucas Lima com personalidade

Por outro lado, o Craque exaltou Lucas Lima. Alvo contumaz de zoeiras promovidas por Neto, o meia ganhou elogios.

“Tenho que dar moral para o Lucas Lima, que bateu o pênalti, que perdeu em 2018 [na final do Paulistão contra o mesmo Corinthians], e teve que bater. Isso mostra a personalidade das pessoas”, analisou Neto ao falar da atuação do meia, que começou no banco, entrou durante a partida e converteu a cobrança de pênalti na decisão.

Felipe Melo ironizado

Já Felipe Melo foi criticado pela declaração de inspiração religiosa. Para Neto, o zagueiro do Palmeiras foi infeliz ao dizer que o Corinthians foi ressuscitado por Deus na reta final da primeira fase do Paulistão para ser “morto” pelo Verdão na final.

“Legal, parabéns para você, como evangélico, falar uma barbaridade dessas”, ironizou Neto, para depois completar: “tem que tirar sarro mesmo”.

Palmeiras com medo

Neto não deixou, porém, de tirar sarro do Verdão. Tudo pelas circunstâncias da decisão: o Palmeiras vencia por 1 a 0 e garantia o título até o último lance, já nos acréscimos, quando Jô empatou de pênalti. Para o apresentador, antes faturar o campeonato, jogadores e torcida tiveram medo.

Veja também:
Band.com.br e BandSports transmitem jogo entre Rubin Kazan e Lokomotiv Moscou na próxima terça
Dudu elogia desempenho de Patrick de Paula: “Pode dar bons frutos ao Palmeiras”

“Palmeiras ganhou com as fraldas geriátricas. Estava sem borrando. A torcida estava com medo, mas ganhou”, declarou.

Luxemburgo maior que Domènec

No entanto, Neto despejou mais elogios em Vanderlei Luxemburgo. Para o Craque, o Palmeiras foi campeão graças ao trabalho do técnico. E ainda ironizou o novo treinador do Flamengo, Domènec Torrent.

“Principalmente, parabéns ao Luxemburgo. Cinco títulos paulistas só no Palmeiras. Aí vem o ‘Domec’ [Domènec], o conhaque do Flamengo, tira Gerson, Everton Ribeiro e De Arrascaeta no primeiro jogo do Brasileirão [no domingo, 9, na derrota por 1 a 0 diante do Atlético-MG], e vocês acham que o Luxemburgo está ultrapassado. Ele é um baita de um treinador. Graças ao Luxemburgo que o Palmeiras foi campeão”, analisou.

Assista ao programa na íntegra:

Compartilhar

Ler a notÍcia completa

Deixe seu comentário